Vieira Tavares

Os brasileiros são os mais ansiosos do mundo

Os brasileiros são os mais ansiosos do mundo

Segundo a Organização Mundial da Saúde, 18,6 milhões de brasileiros (9,3% da população) convivem com algum tipo de transtorno de ansiedade.

Publicado em março de 2019, o relatório indica que a ansiedade é a segunda condição mental, depois da depressão, com maior incidência de incapacidade na maioria dos países analisados.

Aliás, essa não é a primeira vez que ocupamos a primeira posição! No relatório de 2017, o Brasil já tinha recebido o título de “país mais ansioso do mundo”.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de S. Paulo – FAPESP também divulgou estudo dos Pesquisadores do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo que apontam que metade dos moradores da Região Metropolitana de São Paulo que são portadores de ansiedade apresentam algum tipo de dor
crônica.

A mais comum foi transtorno de humor (50%), seguida de doenças respiratórias (33%), doença cardiovascular (10%), artrite (9%) e diabetes (7%).

É importante saber que nem toda ansiedade é uma patologia. Sentir-se apreensivo, naquele “modo expectativa” que define o estado ansioso antes de uma entrevista de emprego, de um primeiro encontro romântico ou de uma viagem muito desejada é normal e saudável.

“O problema começa quando a resposta ansiosa é desnecessária ou desproporcional, em duração ou intensidade, ao contexto ou evento que está adiante”, diz o médico neurologista Leandro Teles, especialista pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e autor do livro O Cérebro Ansioso.

E o que isso tudo tem a ver com o mercado jurídico?

É evidente que a maioria das pessoas ou empresas que buscam os serviços jurídicos estão com algum tipo de problema. Infelizmente, são poucos os que procuram os serviços jurídicos de forma preventiva.

Para agravar a situação, o cenário jurídico atual, determina um verdadeiro questionamento da chamada “segurança jurídica”.

Recebemos diariamente “informações” desencontradas e ou retiradas de um contexto aleatório, sem contar as Fake News difundidas nos meios digitais, que informam a existência de diversos direitos ou deveres de uma nova Lei que sequer está em pauta para aprovação ou em vigor.

Sabemos que alguns processos jurídicos podem se tornar desgastantes ao longo do caminho, mas buscamos sempre maneiras de amenizar essas situações. Para isso buscamos sempre estreitar a comunicação com nossos clientes, utilizando uma linguagem cada vez mais simples e transparente.

Foi pensando em questões assim, que a gente do escritório Vieira Tavares Advogados, criamos o “Manual do cliente”.

Neste manual nosso cliente tem acesso, não apenas à forma de atendimento de nosso escritório e de nossos profissionais, mas também de toda a nossa estrutura jurídica de funcionamento e atendimento.

É comum verificar que o problema jurídico enfrentado por nossos clientes, na grande maioria das vezes, é menor frente às suas percepções iniciais.

E por que isso acontece?

São vários os motivos e, um destes, é a falta de proximidade ou ligação com os termos jurídicos ou o “juridiquês” e até mesmo o funcionamento da estrutura jurídica de nossos tribunais.

E sim, a linguagem jurídica ainda é extremamente distante da realidade e do nosso cotidiano.

Para tanto um de nossos pilares é facilitar e aprimorar a comunicação com nossos clientes.

Dica Bônus!

Ainda, como sugestões e não apenas preocupados com a situação “escritório e cliente”, apresentamos algumas considerações importantes para evitar/controlar sua ansiedade:

 Pratique exercícios físicos diariamente;
 Medite;
 Alimente-se Adequadamente;
 Encontre seus amigos(as) sempre que possível;
 Viaje quando possível;
 Monte seu plano de metas e estratégias;
 De uma pausa de 10 minutos em seu trabalho ao menos duas vezes no dia;
 Preste atenção em sua respiração;
 Tenha foco em suas atividades; e
 Confirme sempre as notícias lidas e suas fontes.

Agora conta pra gente, gostou das dicas desse artigo?

Acesse também nossas redes sociais e conheça outras informações referentes à processos e cases de sucesso na área jurídica.

Artigo escrito por: Paulo Henrique Tavares.

Graduado em Direito pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo, com MBA em Administração Legal pela Escola Paulista de Direito. Pós-graduado pela Fundação Getúlio Vargas em Estruturas e Operações Empresariais. Possui vasta experiência de atuação em instituições financeiras. Destaque para a atuação em reestruturação de empresas, redução
de passivos, estruturação societária, Direito Empresarial e elaboração de estruturação de negócios. Possui especialização na nova Lei Geral de Proteção de Dados através da Fundação Carlos Alberto Vanzolini e Implantação de Compliance.

 

Os artigos e notícias reproduzidos neste blog são tanto no conteúdo quanto na forma, de inteira responsabilidade de seus autores. Não refletem, necessariamente, a opinião integral do escritório Vieira Tavares Advogados.

Deixe uma resposta

Fechar Menu